fbpx

Como morar nos Estados Unidos: o guia definitivo

Os Estados Unidos, conhecidos por suas oportunidades econômicas, qualidade de vida e diversidade cultural, têm sido há muito tempo um destino de sonho para muitos brasileiros. A ideia de construir uma nova vida em solo americano é alimentada por filmes de Hollywood, histórias de sucesso de imigrantes e a promessa de um futuro brilhante. 

No entanto, antes de dar o primeiro passo em direção ao sonho americano, é essencial entender o que realmente significa morar nos Estados Unidos. Vamos mergulhar nas expectativas e realidades de viver nos EUA.

Abordaremos questões como a adaptação cultural, o sistema de saúde, a educação e a vida cotidiana. Ao compreender esses aspectos, você estará melhor preparado para enfrentar os desafios e abraçar as oportunidades de morar nos Estados Unidos.

Oportunidades e desafios de morar nos Estados Unidos

Morar nos Estados Unidos não é apenas um sonho, mas também uma jornada repleta de oportunidades e desafios. Desde a busca por empregos até a obtenção de vistos, há uma série de etapas e obstáculos a serem superados. Além disso, a adaptação a uma nova cultura e estilo de vida pode ser desafiadora, mas também incrivelmente gratificante.

Nesta seção, exploraremos as oportunidades disponíveis nos Estados Unidos, incluindo as perspectivas de carreira, empreendedorismo e educação. Ao mesmo tempo, discutiremos os desafios comuns que os imigrantes enfrentam, como a burocracia, o choque cultural e a distância da família. Compreender os altos e baixos dessa jornada é fundamental para tomar uma decisão informada sobre a mudança para os EUA.

Escolhendo o destino Americano

Estados populares para Brasileiros

Os Estados Unidos consistem em 50 estados, cada um com sua própria personalidade, economia e estilo de vida. Para escolher o destino que melhor se alinha com seus objetivos e preferências, é crucial conhecer as opções disponíveis. 

Segundo dados do Itamaraty estima-se que há cerca 1,4 milhões de brasileiros vivendo nos Estados Unidos. Cerca de 400 mil pessoas, aproximadamente 22% da população de brasileiros nos EUA, encontram-se na Flórida, especialmente nas cidades de Orlando e Miami.

No estado de Massachusetts, na região da Grande Boston, estima-se que moram cerca de 240 mil brasileiros. A maioria deles se concentra em cidades menores e próximas de Boston, como Framingham.

O número de brasileiros vivendo em Nova Jersey chega a quase 30 mil. Lá, a cidade de East Newark tem a maior comunidade tanto de moradores nascidos no Brasil, quanto de descendentes de brasileiros.

De acordo com a City-Data, as 5 principais comunidades dos EUA com a maior porcentagem de residentes nascidos no Brasil são:

  • Loch Lomond, Flórida 15,8%
  • Bonnie Loch-Woodsetter North, Flórida 7,2%
  • North Bay Village, Flórida 7,1%
  • East Newark, New Jersey 6,7%
  • Framingham, Massachusetts 6,6%

Com essas informações já fica um pouco mais fácil escolher seu estado de destino, né?! Já imaginou que legal morar nos Estados Unidos e ter brasileiros como vizinhos? É super possível. 

Fatores a considerar ao escolher seu Estado

Ao escolher um estado Americano para morar, existem vários fatores a serem considerados. Aqui estão alguns pontos importantes para você levar em consideração ao tomar essa decisão:

  • Custo de vida: O custo de vida varia de estado para estado nos Estados Unidos. Alguns estados, como Nova York e Califórnia, têm um custo de vida mais alto, enquanto outros estados, como Texas e Ohio, podem ser mais acessíveis. Considere suas necessidades financeiras e compare os preços de moradia, transporte, alimentação e outros gastos diários para determinar qual estado se adequa melhor ao seu orçamento.
  • Clima: O clima também é um fator importante a ser considerado. Os Estados Unidos têm uma grande diversidade climática, desde o tropical da Flórida até o frio extremo do Alasca. Pense no tipo de clima que você prefere e leve em conta as estações do ano, a previsão e as temperaturas médias de cada estado.
  • Oportunidades de trabalho: Dependendo de sua área de atuação, certos estados podem oferecer melhores oportunidades de emprego do que outros. Investigue sobre os setores fortes em cada estado, as taxas de desemprego e as perspectivas de crescimento para ter uma ideia de onde você pode encontrar mais sucesso profissional.
  • Qualidade de vida: A qualidade de vida é um aspecto importante ao considerar um estado para morar. Considere fatores como segurança, qualidade do sistema educacional, acesso a cuidados de saúde, infraestrutura, atividades culturais e recreativas disponíveis na região. Esses fatores podem variar significativamente de estado para estado.
  • Comunidade e cultura: Cada estado nos Estados Unidos tem sua própria cultura e identidade única. Pense no tipo de comunidade que você deseja fazer parte e nas atividades culturais que mais te interessam. Alguns estados são conhecidos por sua vida noturna vibrante, enquanto outros são mais focados em atividades ao ar livre ou têm uma cena artística próspera. Considere suas preferências pessoais ao escolher um estado que se alinhe com seu estilo de vida e interesses.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os fatores que são importantes levar em consideração ao escolher morar nos Estados Unidos, vamos falar um pouco sobre os vistos e te ajudar a entender qual será a melhor opção para você.

Obtendo um Visto Americano

Tipos de vistos Americanos

Entender os diferentes tipos de visto americano pode parecer uma tarefa complicada. Cada categoria tem suas particularidades, requisitos e processos únicos.

Para brasileiros que querem conhecer, morar ou trabalhar nos Estados Unidos, entender os vistos é ainda mais importante. Então, vamos explorar esse universo de oportunidades, tirar suas dúvidas e identificar qual o melhor visto para os EUA de acordo com sua necessidade.

  • visto de turista (B1/B2);
  • visto de estudante (F, M);
  • visto de trabalho (H, L, O, P, Q);
  • visto de intercâmbio (J);
  • visto de imigrante (diversas categorias);

O que é o visto B1 e B2?

Este é o visto para aqueles que desejam visitar os Estados Unidos para fins de turismo, visita a amigos ou familiares, ou para realizar tratamentos médicos.

O visto B1 é especificamente para viagens de negócios, enquanto o B2 é para turismo ou tratamento médico. Muitas vezes, eles são emitidos juntos como um visto B1/B2.

Visto de estudante (F, M)

Os vistos F e M são destinados a estudantes internacionais. O visto F é para estudantes acadêmicos que desejam estudar em uma universidade, faculdade, escola secundária, escola particular, seminário, conservatório ou outro tipo de estudo acadêmico. Já o visto M é para outros estudantes não acadêmicos.

Visto de trabalho (H, L, O, P, Q)

Estes vistos são projetados para indivíduos que desejam trabalhar nos Estados Unidos.

  • Visto H: este visto é para trabalhadores temporários qualificados e não qualificados. Existem várias subcategorias que se aplicam a diferentes tipos de trabalho;
  • Visto L: destinado a transferências internas dentro de uma empresa, por exemplo, se você já trabalha para uma empresa no Brasil que tem um escritório nos EUA;
  • Visto O: este visto é para indivíduos com habilidades ou realizações extraordinárias em ciências, artes, educação, negócios ou atletismo;
  • Visto P: para atletas e artistas que se apresentam individualmente ou como parte de um grupo;
  • Visto Q: este visto é para indivíduos que participam de um programa de intercâmbio cultural;

Visto de intercâmbio (J)

Este visto é destinado a indivíduos que participam de programas de intercâmbio nos Estados Unidos, que promovem a troca cultural, especialmente para ensinar ou fazer pesquisas;

Visto de imigrante

Os vistos de imigrante são para indivíduos que desejam se mudar permanentemente para os Estados Unidos. Existem várias categorias: 

  • Vistos familiares: para pessoas com parentes próximos nos EUA
  • Vistos de emprego: para trabalhadores com ofertas de trabalho permanentes nos EUA
  • Programa de Vistos de Diversidade: para imigrantes de países com baixas taxas históricas de imigração para os EUA.

Requisitos e processo de aplicação para os vistos Americanos

Cada tipo de visto tem requisitos específicos. É importante ler atentamente os requisitos no site oficial do Departamento de Estado dos EUA e preparar sua aplicação com antecedência. Geralmente, o processo de aplicação inclui:

  • Preencher o formulário DS-160 online.
  • Pagar a taxa de solicitação de visto, que é não reembolsável.
  • Agendar uma entrevista no consulado dos EUA mais próximo de você.
  • Levar todos os documentos necessários, como passaporte, comprovante de fundos, carta de aceitação da escola (para vistos de estudante), entre outros.

Dicas para aumentar suas chances de aprovação

A obtenção de um visto pode ser um processo competitivo, e as entrevistas no consulado são cruciais. Aqui estão algumas dicas para aumentar suas chances de aprovação:

  • Mantenha todos os documentos em ordem e atualizados.
  • Seja honesto e claro durante a entrevista no consulado. Evite fornecer informações falsas.
  • Demonstre fortes vínculos com o Brasil, como laços familiares, emprego estável ou propriedade.
  • Mostre que você não pretende ficar ilegalmente nos EUA e que tem planos concretos para voltar ao Brasil após a estadia.

Observe que não existe uma fórmula garantida para ser aprovado para um visto americano. No entanto, seguir estas dicas pode aumentar suas chances de sucesso. Lembre-se, cada caso é único e é avaliado individualmente pelas autoridades consulares.

Morar nos Estados Unidos: planejando a mudança

Agora que já falamos sobre a parte burocrática do processo para morar nos Estados Unidos, é hora de planejar a mudança efetiva para o país.

Finanças e orçamento

Antes de embarcar, é essencial organizar suas finanças de forma cuidadosa:

  • Considere abrir uma conta bancária nos EUA para facilitar a gestão financeira.
  • Estabeleça um plano de orçamento realista que leve em consideração os custos de vida nos EUA.
  • Entenda as obrigações fiscais e como elas podem afetar suas finanças.

Procurando por acomodação nos EUA

Encontrar o lugar certo para morar é fundamental para seu conforto e adaptação, algumas dicas que podem te ajudar, são:

  • Pesquise diferentes bairros e cidades para encontrar o mais adequado às suas necessidades.
  • Utilize sites de aluguel e consulte imobiliárias locais para encontrar opções de acomodação.
  • Leia atentamente os contratos de aluguel para entender suas obrigações como inquilino.

Mudança de documentação

Ao chegar nos Estados Unidos, você precisará atualizar sua documentação:

  • Obtenha um número de Segurança Social, se aplicável ao seu status de visto e emprego.
  • Registre-se em um plano de saúde, pois o sistema de saúde nos EUA funciona de maneira diferente do Brasil.
  • Verifique os requisitos para transferir sua carteira de motorista ou obter uma nova, caso pretenda dirigir.

Morar nos Estados Unidos pode ser uma experiência incrivelmente gratificante, mas requer planejamento meticuloso e atenção aos detalhes. Com os passos certos e as informações adequadas, você estará pronto para embarcar nessa jornada emocionante em direção a uma vida nos EUA.

Trabalhando nos Estados Unidos

Pesquisa de empregos nos EUA

A pesquisa de empregos nos Estados Unidos pode ser altamente competitiva, dependendo da sua área de atuação e local de interesse. Explore o mercado de trabalho local, Identifique as indústrias e setores que estão em alta, as regiões com mais oportunidades e as habilidades e qualificações exigidas pelos trabalhadores.

O networking é fundamental nos Estados Unidos. Conecte-se com profissionais de sua área de interesse, participe de eventos e encontros profissionais, e utilize plataformas online, como o LinkedIn, para expandir sua rede de contatos. Muitas vezes, as oportunidades de emprego são divulgadas por meio de regularidade e conexões profissionais. 

Além disso, adapte seu currículo ao mercado de trabalho americano. Destaque suas habilidades relevantes, experiências anteriores e conquistas, tenha certeza de que seu currículo seja claro, conciso e livre de erros gramaticais.

Entendendo o mercado de trabalho americano

O mercado de trabalho nos Estados Unidos é diversificado, com oportunidades em uma ampla gama de setores, desde tecnologia e finanças até saúde e educação. No entanto, é essencial entender as tendências do mercado em sua área específica.

Por exemplo, cidades como San Francisco e Nova York são conhecidas por suas indústrias de tecnologia e finanças, enquanto cidades como Boston e Chicago têm fortes setores de saúde e educação. Esteja preparado para lidar com as diferenças culturais no ambiente de trabalho.

Adaptação ao ambiente de trabalho

A adaptação ao ambiente de trabalho nos Estados Unidos pode ser uma das partes mais desafiadoras da mudança. A cultura de trabalho é frequentemente caracterizada pela pontualidade, comunicação direta e ambiente de trabalho dinâmico.

É importante demonstrar profissionalismo, cumprir prazos e ser proativo em suas responsabilidades. Esteja preparado para participar de reuniões e colaborar em equipe, pois a colaboração é valorizada em muitos ambientes de trabalho americanos.

Confira nosso artigo completo sobre como trabalhar nos Estados Unidos

Educação e Saúde nos Estados Unidos

Sistema educacional nos EUA

O sistema educacional dos Estados Unidos é altamente diversificado, com opções que variam desde escolas públicas até instituições de ensino superior de elite. Pesquise as escolas e universidades em sua área de interesse e considere fatores como a reputação acadêmica, programas de bolsas de estudo e custo de mensalidades.

Para quem vai entrar nessa aventura com a família toda, é importante entender o sistema de ensino público e privado, bem como os requisitos de matrícula para garantir uma educação de qualidade para seus filhos.

Acesso a serviços de saúde

O acesso aos serviços de saúde nos Estados Unidos pode variar dependendo do seguro de saúde que uma pessoa possui. Além disso, a disponibilidade de médicos e hospitais pode ser limitada em algumas áreas, especialmente em áreas rurais.

A maioria dos americanos obtém seguro de saúde por meio de seus trabalhadores. As empresas oferecem planos de saúde aos funcionários como parte de seus benefícios. Os planos de saúde podem variar em termos de cobertura e custos, e os funcionários geralmente acompanham os custos com o empregador.

Para aqueles que não têm acesso a um plano de saúde por meio do empregador, existe o Mercado de Seguros de Saúde. O Mercado oferece uma variedade de planos de saúde para indivíduos e famílias, com base em sua renda e necessidades. Os planos são oferecidos por seguros privados e podem ser subsidiados pelo governo para torná-los mais acessíveis.

Cultura e estilo de vida nos Estados Unidos

Adaptação à cultura americana

A cultura americana é marcada pela diversidade e individualismo. É fundamental compreender os valores fundamentais dos EUA, como liberdade, igualdade e oportunidade. Além disso, esteja preparado para se adaptar a um estilo de comunicação direto e assertivo. Os americanos valorizam a iniciativa pessoal, então seja proativo em sua abordagem para alcançar seus objetivos.

Costumes e etiqueta

A etiqueta nos Estados Unidos pode variar, mas existem algumas normas amplamente aceitas. Cumprimentar com um aperto de mão firme e manter contato visual ao falar são práticas comuns. Além disso, é essencial ser pontual, pois a falta de pontualidade pode ser mal vista. Os americanos também valorizam a igualdade de gênero e respeito à diversidade, portanto, seja respeitoso e inclusivo em todas as interações.

Diversão e entretenimento

Os Estados Unidos oferecem uma infinidade de opções de entretenimento para todos os gostos. Desde parques temáticos emocionantes, como a Disney World, até festivais culturais, como o Mardi Gras em Nova Orleans, e eventos esportivos de alto nível, como o Super Bowl, tem diversão para todo mundo. Participe das atividades locais para conhecer pessoas e fazer parte da comunidade.

Questões legais e impostos nos Estados Unidos

Cumprindo com as leis americanas

Cumprir com as leis dos Estados Unidos é vital para evitar problemas legais e garantir uma estadia tranquila.Tenha certeza de que seu visto está válido e coerente com a sua situação no país. Fique atento às leis estaduais e locais, que podem variar em diferentes partes do país. Respeitar as leis de trânsito e as regulamentações de imigração são aspectos essenciais.

Entendendo o sistema de impostos

O sistema de impostos nos Estados Unidos é complexo e varia de acordo com a renda, o estado civil, as deduções e outros fatores. Aqui estão algumas informações gerais sobre o sistema de impostos nos Estados Unidos:

  • Imposto de renda federal: O Internal Revenue Service (IRS) é a agência responsável pela administração e cobrança do imposto de renda federal nos Estados Unidos. Os contribuintes deverão apresentar uma declaração de imposto de renda anual, relacionando suas rendas e deduções. A taxa de imposto de renda federal varia de acordo com a faixa de renda do contribuinte.
  • Impostos estaduais: Além do imposto de renda federal, muitos estados também têm seus próprios impostos estaduais sobre a renda. As taxas e regras variam de estado para estado.
  • Impostos sobre a propriedade: Os proprietários de imóveis nos Estados Unidos deverão pagar impostos sobre a propriedade com base no valor avaliado de suas propriedades. Esses impostos são usados ​​para financiar serviços locais, como escolas e infraestrutura.
  • Impostos sobre vendas: Os impostos sobre vendas são cobrados em nível estadual e local. As taxas de imposto sobre vendas variam de acordo com o estado e o município. Os impostos sobre vendas são adicionais ao preço de bens e serviços e são pagos pelos consumidores no momento da compra.

O prazo para a apresentação da declaração de imposto de renda federal nos Estados Unidos é geralmente em 15 de abril de cada ano. No entanto, pode haver extensões disponíveis para aqueles que necessitam de mais tempo para preparar a sua declaração.

Leia mais sobre a Tributação nos Estados Unidos

Mantendo vínculos com o Brasil

Visitando a família e amigos

Uma das maiores preocupações para quem decide morar nos Estados Unidos é a distância de seus entes queridos no Brasil. A saudade da família e dos amigos é uma emoção comum e natural, mas existem maneiras de minimizar essa separação e fortalecer os laços emocionais:

  • Planeje visitas regulares: Embora você esteja longe, programe viagens de volta ao Brasil para passar tempo com sua família e amigos. Essas visitas proporcionam momentos significativos e ajudam a manter relacionamentos sólidos.
  • Comunique-se regularmente: A tecnologia atual permite que você esteja presente na vida de seus entes queridos, mesmo à distância. Use aplicativos de mensagens, chamadas de vídeo e redes sociais para se manter conectado e informado sobre as novidades e acontecimentos importantes em suas vidas.
  • Celebre datas importantes: Mesmo estando longe, continue celebrando aniversários, feriados e datas especiais com sua família. Enviar presentes, cartas ou mensagens personalizadas pode fazer toda a diferença e demonstrar seu amor e carinho.

Manutenção de conexões culturais

Morar nos Estados Unidos não significa que você precise abrir mão de sua identidade e cultura brasileira. Pelo contrário, é uma oportunidade para compartilhar suas raízes culturais com outras pessoas e, ao mesmo tempo, aprender sobre a cultura americana. Veja como você pode manter suas conexões culturais vivas:

  • Participe de grupos brasileiros: Muitas cidades nos EUA têm comunidades brasileiras ativas. Junte-se a grupos culturais, clubes de dança ou de música brasileira para se conectar com pessoas que compartilham sua herança cultural. Isso também pode ajudar a criar um ambiente familiar e acolhedor.
  • Cozinhe pratos brasileiros: A culinária é uma ótima maneira de manter suas raízes vivas. Prepare pratos típicos brasileiros em casa e convide amigos americanos para experimentar a riqueza e diversidade da comida brasileira. Isso não apenas promove a cultura, mas também pode ser uma experiência deliciosa de compartilhar.
  • Assista filmes e leia livros brasileiros: Mantenha-se conectado com a cultura brasileira assistindo a filmes, séries e lendo livros de autores brasileiros. Isso não apenas ajudará a manter seu idioma, mas também a manter-se atualizado com as tendências culturais no Brasil.

Morar nos Estados Unidos como um brasileiro é uma experiência emocionante e desafiadora. É importante reconhecer que, embora essa jornada possa ser repleta de oportunidades, também pode ser um período de adaptação e crescimento pessoal. 

Ao longo do tempo, sua situação nos Estados Unidos pode evoluir. Você poderá considerar a obtenção de residência permanente, explorar novas oportunidades de trabalho, ou até mesmo buscar a cidadania americana. 

Lembre-se de que essa jornada é uma oportunidade para crescer, aprender e compartilhar, e que o equilíbrio entre as duas culturas pode enriquecer sua vida de maneiras surpreendentes. Aproveite também para entender tudo sobre o processo de expatriação para brasileiros.

Leia também sobre:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Share This

Copy Link to Clipboard

Copy